quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Compota de abóbora e amêndoa

Não sou propriamente uma Ginja de Outono mas uma coisa é certa, sei apreciar as suas cores e sabores.
Um dos símbolos desta época é a abóbora e desta vez foi quem eu escolhi para ser a estrela da próxima receita. Que receita é essa, perguntam vocês?!? Algo que nunca tinha feito mas que ficou muito boa, uma compota de abóbora e amêndoa.






Sendo a primeira vez, optei por usar o meu robot e, para me facilitar (ainda mais) o trabalho, decidi uma Pectina da Condi. Para quem não conhece, a pectina é um gelificante natural derivado da maçã que, adicionado ao açúcar, vai tornar os doces e compotas mais homogéneos e espessos, reduzindo o tempo de fervura e preservando os nutrientes e o sabor natural da fruta.
Caso não tenha robot, na embalagem da pectina tem uma receita que poderá seguir!!!
Espero que gostem pelo menos tanto como aqui em casa!!!
Beijinhos!!! ❤
Ingredientes:
500g abóbora, cortada em pedaços pequenos
250g açúcar amarelo
Sumo de 1/2 laranja
1 pau de canela
1/2 embalagem de Pectina Condi (12,5g)
Amêndoa laminada a gosto

Preparação Bimby:
Coloque no copo a abóbora e triture 15 seg/vel 6.
Adicione o açúcar, o sumo da laranja, o pau de canela, a pectina e programe 20 min/100°C/vel 1.
Retire o pau de canela e programe 15 seg/ vel 6. 
Adicione a amêndoa laminada e envolva com a ajuda da espátula. 
Deite logo de seguida em frascos previamente esterilizados fechando de imediato para criar vácuo.

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Bolachas de manteiga (com dispara-biscoitos)

O outono chegou e, normalmente, convida a um chá com umas bolachas de manteiga e "dois dedos de conversa". Fala-se das temperaturas, da falta de chuva... fala-se de tudo e de nada e vão-se saboreando umas bolachas de manteiga homemade.




Este chá com bolachas funciona como uma dupla terapia... Primeiro, fazer as bolachas... depois, sentar-me e apreciar!!!
Estas bolachas fazem-se num instante pois é só fazer a massa e "disparar" as bolachas para um tabuleiro com um tapete de silicone com a ajuda de um "dispara-biscoitos" (Atenção: não dá para usar papel vegetal pois elas não aderem!).
O dispara-biscoitos tem várias "saídas" que permitem fazer bolachas com formatos diferentes, desde flores a pinheirinhos (lindos para as bolachas de Natal).
Se não há dúvida que todos os acessórios (desde do dispara-biscoitos ao tapete de silicone, etc) existem na DeBORLA, claro está que este conjunto de chá também é da marca (e da campanha que termina já a 16 de outubro)!!! Se ainda não passaram por lá, aproveitem este últimos dias!!! 
Ah e depois, digam se gostaram das bolachas!!!
Beijinhos!!! ❤
Ingredientes:
300g de farinha
200g de manteiga amolecida
100g de açúcar
1 saqueta de açúcar baunilhado
1 ovo
Raspas de limão (opcional)

Preparação tradicional:

Juntar todos os ingredientes numa tigela e amassar até obter uma massa lisa;
Com essa massa, fazer um rolo e (com ele) encher a prensa do dispara-biscoitos;
Depois, é só disparar para cima de um tabuleiro revestido com tapete de silicone e levar ao forno, pré-aquecido a 180ºC, até ficarem prontos.

Preparação Bimby:
Colocar no copo todos os ingredientes e programar 3 min/ vel espiga. 
Retirar a massa do copo e fazer um rolo e (com ele) encher a prensa do dispara-biscoitos;
Depois, é só disparar para cima de um tabuleiro revestido com tapete de silicone e levar ao forno, pré-aquecido a 180ºC, até ficarem prontos.

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

Mexilhões picantes com batata frita

Feriados e fins-de-semana são ideais para petiscos e lanches ajantarados.
E desta vez apeteceu-me fazer algo tipo "des moules et des frites" assim, fizeram-se uns mexilhões picantes acompanhados por umas batatas fritas Julienne (feitas no forno).




Embora não faça muitas vezes, adoro e, na verdade, é um prato bastante comum em certas zonas de França.
A receita foi adaptada da Revista Robot do mês de julho e está aprovadíssima, as batats são da McCain e a decoração, essa, é da DeBORLA.
Beijinhos!!! ❤


Ingredientes:
1000 g mexilhões
50g azeite
110g cebola
3 dentes de alho
100 g pimento verde
100 g pimento vermelho
1 malagueta pequena
1 lata pequena de tomate em pedaços
Sal q.b.
Batatas fritas Julienne para Forno (McCain)

Preparação Bimby:
Colocar na varoma os mexilhões bem lavados e reservar;
Colocar no copo o azeite, a cebola, os alhos, os pimentos cortados às rodelas e picar 5 seg/vel 5;
Com a ajuda da espátula baixar os resíduos das paredes do copo e programar 5 min/varoma/vel 1;
Juntar o tomate, o sal, a malagueta, colocar a varoma e programar 30 min/Varoma/vel 1;
Colocar os mexilhões numa travessa de servir, cobrir com o molho preparado e acompanhar com as batatas fritas Julienne, feitas no forno.
Bom apetite!!!

quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Brioche (tipo Russa)

Nesta altura já esperava uma temperatura que convidasse a ligar o forno mas não... 
Por aqui, estamos com uns singelos 34ºC que convidam a muita coisa, menos trabalhar....
Mas como sou uma Ginja de ideias fixas, decidi... está decidido... Hoje temos brioche (assim com uma forma estanha e que por isso chamam de Russa!) e "mais nada"!!!




Não ficou perfeita... mas também foi a primeira vez que fiz um brioche (shame on me, I know!!!).
Mas para desviar a vossa atenção de uma ou outra imperfeição, usei esta louça linda de madrepérola e bambu (DeBorla).
O craquelado no exterior é tão lindo que tirei uma foto só para poderem ver...


E para a confecção usei uma forma de bolo inglês (também da DeBorla).


Esta é uma boa sugestão para acompanhar um chá ou para o pequeno-almoço de feriados ou fim-de-semana!!!
E que tal experimentarem já amanhã?!?
Beijinhos... ❤

Ingredientes: (1 brioche como o da foto)
150 g leite
1 pitada sal
50g açúcar
50g margarina
3 gemas de ovo
20g de fermento de padeiro fresco
400 g farinha
1 gema de ovo, p/ pincelar
pepitas 3 chocolates q.b.
Nozes trituradas q.b.


Preparação Bimby:
Colocar no copo do robot o leite, o sal, o açúcar, a margarina e programar 1 min/37°C/vel 2.
Adicionar as gemas, o fermento e programar 10 seg/vel 2.
Adicionar a farinha e programar 1 min/vel espiga.
Com a ajuda de um rolo, estender a massa de modo a fazer um rectângulo de 30X50 cm.
Colocar as pepitas de chocolate e as nozes trituras (mas reservar pepitas e nozes para colocar em cima) e enrolar de modo a formar um "cilindro".
Cortar as duas extremidades do "cilindro" e reservar. (ver figura abaixo)
Cortar o "cilindro" a meio, unir nas pontas e colocar uma das extremidades reservadas. (ver figura abaixo)
Enrolar as duas partes do "cilindro" e na parte final colocar a outra extremidade reservada. (ver figura abaixo)
Colocar numa forma para bolo inglês polvilhada com farinha, pincelar a superfície com gema de ovo, colocar as pepitas e nozes reservadas e levar a forno pré-aquecido a 50°C durante 20 minutos, para que dobre de volume. Quando dobrar de volume, aumentar a temperatura para 180°C cerca de 25 minutos.

  
(Imagem retiarada da net)

sábado, 30 de setembro de 2017

Bacalhau à Brás saudável (sem batata)

Ontem, depois de um dia de aulas complicado, estava "down" e quando estou assim só me apetece comer... passei o resto do dia a pensar num bacalhau à Brás. Como o problema deste prato são as  batatas fritas, fui até ao frigorífico ver quais as minhas possibilidades.  
Com o tinha em casa fiz um bacalhau à Brás com legumes (cenoura e courgete) e sem batata frita. Moral da história, um bacalhau à Brás saudável.






Pode não ter ficado tão bonito como a receita tradicional mas, em contrapartida, pude comê-lo sem peso na consciência...
Esta é uma das versões saudáveis deste prato tão Português e faz-se tão bem tanto com como sem robot.
E claro, optei por usar esta louça linda (DeBORLA, claro!) que "enche de graça" qualquer comida por mais simples que esta seja.
Espero que tenham gostado desta sugestão...
Beijinhos!!! ❤

Ingredientes: (4 pessoas)
1 embalagem de Bacalhau Desfiado Pescanova
60g azeite
2 cebolas grandes
2 dentes de alho
3 cenouras grandes
3 cougetes
5 ovos
Flor de sal e pimenta q.b.
Salsa picada para polvilhar
Azeitonas pretas a gosto

Preparação tradicional:
Numa panela com água, coza o bacalhau. Quando pronto, escorra e reserve;
Espiralize a cenoura e courgete e reserve.
Num tacho coloque o azeite, a cebola cortada às rodelas finas e os alhos picados e deixe refogar.
Adicione a cenoura espiralizada e deixe cozinhar um pouco.
Coloque o bacalhau, envolva bem e deixe ganhar um pouco de sabor.
Junte a courgete espiralizada, mais uma vez envolva bem, e deixe cozinhar uns 2-3 minutos
Entretanto, bata os ovos e, quando batidos, deite-os por cima do bacalhau. Misture tudo muito bem, junte a pimenta e retifique o sal, e deixe cozinhar um pouco.
Polvilhe com a salsa picada, enfeite com as azeitonas e sirva de seguida.
Preparação Bimby:
Comece por espiralizar a cenoura e cougete e reserve.
Coloque no copo o azeite, a cebola, o alho, pique 5 seg/vel 5 e refogue 5 min/Varoma/vel 1.
Adicione o bacalhau  e a cenoura espiralizada e cozinhe 5 min/100°C/inversa vel colher.
Adicione a courgete espiralizada e cozinhe 2 min/100°C/inversa vel 2.
Retire para uma frigideira e leve ao lume.
Coloque no copo os ovos e bata 10 seg/vel 2. Retire e deite por cima do bacalhau, misture tudo muito bem e tempere com sal e pimenta. Polvilhe com a salsa, enfeite com as azeitonas e sirva de seguida.

quarta-feira, 27 de setembro de 2017

Os meus mais recentes livros.....

Hoje, vou falar-vos de duas das minhas mais recentes aquisições...
O primeiro, um livro muito visual, com fotografias lindas: Tartes-Flor e Tartes-Sol de Coralie Ferreira.
O livro contém 35 receitas com truques simples e em poucos passos.


O segundo, Prazer sem Pecado, apresenta 65 receitas de doces para gulosos com juízo!!! 
É interessante porque resulta do trabalho do chef de pastelaria, Gilberto Costa, com a nutricionista, Cláudia Viegas.


Quando o meu novo livro chegar prometo que vos falo um pouco dele mas uma coisa é certa, vai ser um top de vendas!!! 
Beijinhos ❤

Peito de frango com molho de amendoim

Por aqui estamos a (tentar) controlar a nossa alimentação.
Mas tudo com peso e medida... Precisamos de todos os nutrientes para o bom funcionamento do nosso organismo e portanto não há motivo para banir nenhum alimento. Temos é de moderar o seu consumo. 
Além disso, a (minha) vida seria muito triste sem um miminho alimentar!!! :D
Desta vez (e após uns dias com grelhados acompanhados por legumes salteados e/ou salada) optei por fazer uns peitos de frango com molho de amendoim que acompanhei com arroz branco.





A receita ficou boa mas, para a próxima,  vou colocar um pouco de tomate para dar cor e sabor!!!
Já a louça  essa, iluminou a minha mesa. É linda não é?!? 
Esta coleção em azul é linda e não deixa ninguém indiferente (é da DeBorla!!!)... 
Beijinhos!!! ❤

Ingredientes: (3-4 pessoas)
500g de peito de frango (partido aos cubos)
50g amendoim (podem usar crú ou torrado)
1 cebola pequena
2 dentes de alho
20g azeite
20g vinho branco
Flor de sal e pimenta, q.b.
30g natas de soja light
Sementes de papoila q.b.

Preparação tradicional:
Num liquidificador colocar o amendoim e cerca de 80g de água e triturar até obter uma pasta. Retirar e reservar.
Num tacho colocar o azeite, a cebola e o alho, ambos picados, e refogar.
Adicionar peito de frango partido aos cubos, o vinho, a flor de sal, a pimenta e deixar cozinhar mexendo de vez em quando.
Quando o frango estiver cozido, retirar mas deixando no tacho o molho.
Ao molho do tacho, adicionar a pasta de amendoim reservada e as natas de soja e deixar cozinhar mais uns minutos. Depois disso,ou usar uma varinha mágica para triturar tudo ou então colocar o molho no liquidificador e triturar.
Servir o frango com o molho, decorado com sementes de papoila, e acompanhado por arroz branco.


Preparação Bimby: 
Colocar no copo o amendoim, 80g de água e triturar 10 seg/vel 8. Retirar e reservar.
Colocar no copo a cebola, o alho, o azeite e programar 5 seg/vel 5, descer os resíduos da parede do copo com a espátula e refogar 5 min/100ºC/vel 1. 
Colocar a borboleta , adicionar o peito de frango partido aos cubos, o vinho, a flor de sal, a pimenta e programar 15 min/100ºC/ vel colher (uso a borboleta para o frango não desfiar!).
Retirar a borboleta e o frango mas deixar o molho no copo. 
Adicionar ao molho a pasta de amendoim reservada e as natas de soja e programar 2 min/90°C/vel 1. 
Triturar 30 seg/vel 5-6-7 (dar uns segundos antes de abrir a tampa!) e servir o frango com o molho, decorado com sementes de papoila, e acompanhado por arroz branco.